Mitos e verdades sobre o uso do coletor menstrual

blog23-08

Você ouve falar do coletor menstrual, acha a ideia o máximo e já corre para pesquisar a respeito! E quando a pesquisa inicia você leva um susto! É muita informação e muitas são até contraditórias! Quem é virgem pode usar o coletor. O coletor tira a virgindade. Adolescentes têm que usar o tamanho menor. Existe um tamanho certo para você e qualquer outro não vai funcionar. O coletor tem que ficar no início do canal vaginal. O coletor pode ficar em uma posição mais alta.

As afirmações são muitas e podem deixar qualquer um de cabelo em pé, principalmente durante a escolha do primeiro coletor ou durante o período de adaptação. Mas afinal, o que é mito e o que é verdade? A boa notícia é que o uso do coletor é mais simples do que parece. Nós reunimos as informações mais comuns encontradas por aí e identificamos o que é mito e o que é verdade.

“O coletor tem que ficar localizado no início do canal vaginal.”

Mito! Cada mulher é única, assim como suas vaginas. É indicado sim que o coletor seja posicionado no início do canal vaginal, mas em muitas mulheres ele se desloca para cima e isso é perfeitamente normal. Quando o colo do útero é baixo, o coletor vai naturalmente ficar localizado no início do canal vaginal. Mas quando o colo é alto é possível que o coletor se desloque para cima e se acomode junto ao colo. Desde que o coletor não esteja vazando e que não haja desconfortos, o coletor pode ficar localizado em qualquer altura do canal vaginal.

“Algumas pessoas conseguem usar confortavelmente todos os tamanhos de coletor menstrual.”

Verdade! O canal vaginal é elástico, então não existe uma medida exata de coletor para cada corpo. Exite sim uma margem dentro da qual a medida do coletor deve estar localizada para que ele fique bem em você. Para algumas pessoas esta margem é tão extensa que elas conseguem se adaptar a qualquer tamanho de coletor. Para outras esta margem é mais curta e é preciso descobrir se o seu corpo se adaptaria melhor à um tamanho menor ou um tamanho maior. O tamanho Normal do coletor Korui, por exemplo, se adapta bem à maioria das pessoas. Para maiores informações sobre tamanhos, visite o Guia de Tamanhos Korui.

“Você pode usar lubrificante para ajudar a inserir o coletor.”

Verdade! Mas é muito importante que o lubrificante seja a base de água. Outros produtos podem ser nocivos à vagina.

“O sangue acumulado no coletor menstrual pode voltar para o útero.”

Mito! O sangue desce para o canal vaginal e para dentro do coletor por um pequeno orifício no colo do útero. Além disso, durante a menstruação, os músculos do útero empurram ativamente o sangue menstrual para fora. Não é possível que o sangue volte para o útero, mesmo de cabeça para baixo.

“Para esterilizar é preciso ferver o coletor menstrual em uma panela esmaltada.”

Mito! Existem diversas formas de esterilizar o coletor menstrual. Ele pode ser fervido em uma panela esmaltada, mas também pode ser fervido em uma panela de inox, ou até mesmo no microondas em um recipiente de vidro. É possível também esterilizar de outras formas, como com tabletes de esterilização. Alguns materiais de coletores menstruais podem ser esterilizados também com álcool, como é o caso do coletor Korui.

“Você tem que girar o coletor menstrual para que ele abra totalmente.”

Mito! Existem muitas formas de abrir o coletor menstrual. Com a prática é provável que o coletor abra sozinho quando inserido. Girar o coletor é uma forma eficiente de garantir o vácuo, mas em muitos casos o canal vaginal é estreito e rodar não é uma opção. Outras formas incluem passar o dedo ao redor do coletor, fazer uso de exercícios Kegel, ou até mesmo modificar a dobra ou a posição em que ele foi inserido. Veja mais dicas para abrir o coletor no Guia de Vazamentos Korui.

“Durante o período de adaptação, o coletor menstrual pode machucar e vazar.”

Verdade! Existe sim alguns casos de adaptação no primeiro uso. Mas o mais provável que as primeiras vezes sejam um desastre, assim como as primeiras vezes que usamos absorventes e muitos outros produtos aos quais não estamos acostumados. É preciso prática. A boa notícia é que 90% das usuárias do coletor se adaptam até o terceiro ciclo menstrual. E amam!

charge

“Se você não usar o coletor menstrual, terá que usar os nocivos absorventes descartáveis.”

Mito! Atualmente existem opções de absorventes super saudáveis, como os absorventes de pano reutilizáveis, também chamados de absorventes ecológicos. Eles são similares aos descartáveis, mas laváveis. Hoje em dia eles são super fáceis de lavar na máquina e produzidos com tecidos inteligentes, são impermeáveis e tem até opção de toque seco. Para saber mais visite a página dos  Absorventes Reutilizáveis Korui.

“Não é preciso retirar o coletor menstrual para fazer xixi ou cocô.”

Verdade! O canal vaginal é totalmente separado dos canais pelos quais saem a urina ou as fezes, então você pode ir ao banheiro sem preocupação. Mas depois de defecar é possível que você tenha que checar para ver se seu coletor não saiu do lugar. Lembre-de de lavar bem as mãos.

“Sou virgem, então não posso usar o coletor menstrual.”

Mito! Não há problema físico algum em utilizar um coletor menstrual sendo virgem. Para entender melhor esta afirmação visite o post virgens e o coletor menstrual do nosso blog.

“O coletor menstrual é nojento.”

Mito! E esta afirmação está relacionada ao tabu da menstruação que nos faz acreditar que o sangue menstrual cheira mal e é sujo, quando na verdade ele é muito limpo, não cheira mal, é vermelho vivo, lindo, cheiro de vida e (pasmem!) um adubo rico e cheio de nutrientes para as plantas! Sabe o que é nojento? Pensar que passamos décadas usando produtos femininos descartáveis cheios de químicos perigosos responsáveis por irritações, alergias, problemas hormonais e até mesmo reprodutivos. O coletor menstrual proporciona uma interação mais cuidadosa e reflexiva com o nosso corpo e isso é maravilhoso!

Agora que esclarecemos alguns mitos, o coletor menstrual soa ainda mais fantástico não é mesmo?

Conhece algum outro mito em relação ao coletor menstrual? Ou alguma outra verdade? Já usa? O que te faz amar ele? Não usa e tem dúvidas? Compartilhe sua experiência com a gente!

DEIXE UM COMENTÁRIO