4 massagens orientais que prometem aliviar a TPM e as cólicas menstruais

capamassagem1

Enquanto algumas mulheres passam pelo ciclo menstrual sem desconfortos, outras sofrem todos os meses com dores que chegam a ser verdadeiras torturas, tornando difícil realizar as atividades do dia a dia como ir ao trabalho ou estudar. Se você faz parte deste segundo grupo, saiba que existem algumas técnicas e massagens incríveis para amenizar a intensidade das cólicas menstruais e sintomas relacionados à TPM.

Selecionamos quatro massagens orientais que prometem deixar o seu dia-a-dia tranquilo o mês inteiro.


Massagem Chinesa – Chi Kung

O Chi Kung consiste em uma automassagem, cujo objetivo é energizar o fígado. O fígado é responsável pelo processamento dos hormônios e controla todos os fluxos do corpo, incluindo o fluxo menstrual.

Vestindo roupas confortáveis e descalça, a mulher escolhe um local arejado, de preferência em meio à natureza e com pouco ruído externo. Colocando os pés na largura dos ombros e os joelhos ligeiramente flexionados, deve-se começar massageando o rosto (testa, boca, orelhas) com as pontas dos dedos. Depois os dedos deslizam até os braços, descendo pela parte interna e subindo pela parte externa, seguindo a circulação energética dos meridianos. As mãos então descem pelas laterais externas das pernas até chegar nos pés e sobem pela parte interna, passando pela virilha. Os rins e o sacro também são massageados, finalizando com as duas mãos sobrepostas no umbigo. Neste momento sente-se ventre durante alguns segundos, esquecendo tudo o que rodeia e focando no centro do corpo. Uma das mãos move-se então para as lombares, enquanto a outra permanece no umbigo. Aqui os olhos são fechados e o poder da energia interna é sentido durante alguns segundos.


Massagem Mongol – Chua-ka

Esta massagem parte do princípio de que o corpo armazena uma memória de dor mesmo depois da cura. Ela busca trazer consciência ao corpo, juntamente com sabedoria e experiência de vida. A técnica consiste em uma automassagem usando as mãos como ferramentas para liberar o corpo.  Esta técnica trabalha com a psicologia ao mesmo tempo em que coloca a parte física em ação, libertando a mulher de seus medos e preocupações, fazendo com que mente e corpo entrem em equilíbrio.

Ela é feita com os polegares ao longo de todo o corpo, trabalhando o tecido com profundidade. Com movimentos longos, o sistema circulatório é estimulado, permitindo que a pele recupere elasticidade. É um tratamento delicado, porém intenso e promove uma sensação de bem-estar, já que elimina dores musculares, ameniza a TPM e as cólicas, trata insônia, reduz enxaqueca e diminui o estresse.


Massagem Chinesa – Doin

O Doin também é uma técnica de automassagem, baseada na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), e utiliza os mesmos pontos da Acupuntura, de acordo com os meridianos corporais. Com a pressão da ponta dos dedos, a massagem seda ou estimula pontos do corpo onde ocorrem as dores devido ao congestionamento do fluxo energético dos mesmos.

As pressões podem ser contínuas ou repetidas. As pressões contínuas tem o objetivo de sedação, enquanto as repetidas estimulam, ambas são feitas durante dois a cinco minutos. Para cólicas menstruais, por exemplo, deve-se aplicar pressão contínua na parte interna da panturrilha com um polegar e na parte interna da canela com o outro polegar. Para estimular a vinda da menstruação, deve-se fazer pressão repetida na parte interna da canela, já para diminuir fluxos intensos é indicado fazer pressão contínua na mesma região e na curva interna dos pés.


Massagem Yoga Tailandesa – Nuad Phaen Boran

A Massagem Yoga Tailandesa é milenar e combina elementos da yoga, shiatsu e acupuntura com os pontos de energia do corpo e a mente. Além de melhorar a flexibilidade dos músculos e articulações, ela ameniza as dores, especialmente quando focada na parte abdominal, pois faz com que todo o organismo trabalhe em conjunto com a mente a sua percepção de si mesmo no meio. É uma técnica aplicada bem lentamente para que cada movimento seja percebido e sentido, fazendo com que a pessoa entre em um profundo relaxamento.

A massagem deve ser realizada em um ambiente calmo e sem ruídos, onde seja possível a completa concentração nos movimentos aplicados ao corpo. Ela utiliza da gravidade para proporcionar conforto tanto na área massageada, quanto nas áreas do corpo responsáveis por aplicar a massagem. Na posição sentada, inicia-se aplicando pressão nas solas dos pés e move-se lentamente para todo o restante do corpo, finalizando na palma das mãos.


Para melhores resultados, estas técnicas podem ser combinadas com o consumo de alimentos saudáveis como frutas e grãos. Durante o ciclo menstrual é indicado evitar alimentos à base de lactose e glúten. Beber muita água e praticar exercícios regularmente também fazem diferença, pois ajuda a regular o organismo e manter os níveis de serotonina e de vitaminas e minerais altos. Estas práticas ajudam a aliviar cólicas, amenizam a TPM e até mesmo a intensidade do fluxo menstrual.

Conhece mais alguma massagem ou exercício capaz de aliviar cólicas menstruais? Compartilhe com a gente!

DEIXE UM COMENTÁRIO